Auto > Sinistros > Como Atuar
Sinistro de Quebra Isolada de Vidros

Caso tenha contratado a cobertura de Quebra Isolada de Vidros, esta garante, até ao capital contratado, os custos com a substituição/reparação da quebra acidental dos vidros do automóvel (para-brisas, óculo traseiro e vidros laterais), ocasionados por causa não compreendida em qualquer outra cobertura. Não exclui a quebra por roubo ou tentativa de roubo.

Para efetuar a substituição/reparação dos vidros, contacte diretamente uma das empresas especializadas em reparação e substituição de vidros automóveis para agendar a intervenção. Na altura deverá apresentar carta verde válida do seu Seguro Auto:

Newcar - 808 204 000

Express Glass - 808 211 690

Glassdrive - 808 246 246

Carglass - 808 200 053

Caetano Glass - 808 910 710

Para mais informações entre em contacto com a Linha de Atendimento de Sinistros.

Os sinistros participados ao abrigo desta garantia não influenciam a aplicação de agravamentos nem de bonificações.

Para maior detalhe sobre esta cobertura, consulte aqui as Condições Gerais/ Especiais.

O que fazer em caso de acidente

Tente ficar calmo, vista o colete reflector e sinalize, de imediato, o local do acidente.

Em caso de acidente com feridos, ligue de imediato para o 112. Não tente mover ou deslocar os feridos graves. No caso de motociclistas não remover o capacete nem o vestuário.

Pode dispensar a intervenção das Autoridades desde que estejam identificadas testemunhas do acidente e as circunstâncias do mesmo sejam claras. Se possível, fotografe o local do sinistro, pois poderá ser útil como meio de prova e não abandone o local (pode constituir crime, nalguns casos).

Deverá ter sempre disponível na sua viatura a Declaração Amigável de Acidente Automóvel (DAAA).

Participação ao Segurador

Todos os sinistros devem ser participados ao segurador ou mediador no prazo de 8 dias após a sua ocorrência.

Não dê ordem de reparação de veículos antes da resolução do segurador.

Havendo acordo quanto às circunstâncias e responsabilidade do acidente, deverá ser preenchida uma só Declaração Amigável de Acidente Automóvel (DAAA).

O sinistro será regularizado através do Sistema IDS , desde que estejam preenchidos todos os requisitos.

Quando e como participar o sinistro ao Segurador do veículo que considera culpado

Sempre que não se cumpram os requisitos para o Sistema IDS, ou quando o condutor considerado responsável não tenha efectuado a participação ao respectivo Segurador.

Participe o sinistro ao Segurador do presumível responsável através de:

  • DAAA (se tiver sido preenchida e assinada pelos intervenientes)
  • Auto de Ocorrência que deverá ser levantado na esquadra que fez o levantamento do acidente (PSP ou GNR), se tiver havido envolvimento das autoridades
  • Testemunhas que presenciaram o acidente (nome, morada e telefone)
  • Pedido de peritagem (nome, morada, telefone, nº contribuinte e oficina para a reparação, se tiver preferência) se o seu veículo sofreu danos

Situações excepcionais

Um dos veículos envolvidos não tem seguro válidover mais
Não há acordo dos intervenientes quanto às circunstâncias do acidente ou não é possível o preenchimento da DAAAver mais
Fuga do condutor de um dos veículosver mais
Acidente com veículo de matrícula estrangeiraver mais
Acidente no estrangeirover mais
O Segurador do veículo responsável está em processo de falência, insolventever mais

Informação legal

O Decreto-Lei n.º 291/2007, de 21 de Agosto, veio regulamentar o processo de regularização de sinistros no âmbito do Seguro de Responsabilidade Civil Automóvel.

Disponibilizamos aqui o excerto do Decreto-Lei n.º 291/2007, de 21 de Agosto